Como cuidar da pele oleosa

Atualizado: 11 de out. de 2019


Créditos da imagem @Sarashakeel

A pele oleosa é um problema dermatológico comum, quer esteja ou não relacionado com acne. Existe uma panóplia de soluções no mercado acessíveis a todos, desde sabões, espumas, esfoliantes, géis, cremes, muitas vezes deixando a pele seca e irritada, e estimulando ainda mais a produção de sebo. Outro dos problemas de quem sofre de pele oleosa são os poros dilatados, existindo também uma série de promessas falaciosas para “reduzir os poros”, que é uma situação infelizmente irreversível, sendo apenas possível diminuir o aspeto dos mesmos através de alguns tratamentos e produtos cosméticos.


Primeiro que tudo, porque é que tenho pele oleosa?

A pele produz naturalmente sebo, contribuindo para a formação da barreira lipídica da pele, protegendo-nos de agressores externos e evitando a perda de água. Os problemas surgem quando esta produção é desmesurada, o que pode acontecer devido a problemas hormonais, em climas húmidos e quentes e na puberdade. É mais frequente nos homens derivado da maior concentração de testosterona. Na mulher a produção de sebo é variável, com um pico a partir do momento da ovulação. As glândulas sebáceas existem em maior quantidade no rosto, dorso e peito, e é por este motivo que esta é a distribuição mais comum do acne.


O que posso fazer para combater a oleosidade da pele?

Para tratar a pele oleosa, podemos recorrer a tratamentos sistémicos (medicamentos ou suplementos orais) ou tópicos, além dos procedimentos feitos em consultório.

Dentro dos orais, enumeram-se a toma de pílula contracetiva, que estabiliza os níveis hormonais; a isotretinoína que é usada acima de tudo para tratar acne; a espironolactona, muito utilizada no acne da fase adulta e alguns suplementos alimentares, que embora não tenham dados muito robustos a nível científico, podem sempre ajudar um pouco a melhorar o aspeto da pele.


Nos tópicos, destaco os produtos à base de ácido glicólico, ácido azelaico e ácido salicílico, os produtos com vitamina C e niacinamida e os retinóides. Além de reduzirem a oleosidade, todos eles reduzem a pigmentação (muito frequente em quem tem acne) e têm propriedades anti-envelhecimento. Alguns cosmecêuticos também revelaram reduzir a oleosidade, nomeadamente a niacinamida, o chá verde e a L-carnitina em formulações tópicas.

Dentro dos procedimentos estéticos realizados em consultório, destacam-se os peelings químicos (com concentrações de ácido mais elevadas do que as utilizadas em casa), lasers e terapia fotodinâmica e microinjecções de toxina botulínica (botox®), que bloqueiam temporariamente a produção de sebo das glândulas.


Como posso copilar tudo isto numa rotina para a minha pele?

A rotina diária de uma pele oleosa deve ser equilibrada no sentido de bloquear a produção de sebo sem omitir a hidratação. Todos os cosméticos devem ser rigorosamente selecionados, desde o gel de limpeza ao protetor solar e base. Se luta contra a oleosidade da pele, aqui fica a minha sugestão:


- Um peeling mensal de ácido glicólico realizado em consultório, que reduz visivelmente a oleosidade e o acne, tem propriedades anti-envelhecimento e disfarça pequenas hiperpigmentações pós-inflamatórias derivadas do acne

- Um gel de limpeza suave, como o Soft Cleanser da Innoaesthetics ®

- Um sérum de niacinamida como o Niacinamida + Zinc da The Ordinary®, que reduz a oleosidade e dá brilho à pele

- Um retinóide como o sérum lipossomado antienvelhecimento da Mediderma®

- Uma loção bastante hidratante, leve e suave, como a Loção regeneradora suprema NCTF-Essence da Filorga®

- Um protetor solar de textura não oleosa, como o Repaskin toque de seda da Sesderma®

- Uma base leve com textura não oleosa, como a Matissime Velvet da Givenchy ®

- Um suplemento alimentar para tomar em períodos de maior agravamento da oleosidade ou acne, como o Skin-it da Nutra-it®

- Uma alimentação com baixo índice glicémico e com o mínimo possível de alimentos processados

- Mesobotox de 3 em 3 meses, um tratamento com toxina botulínica e vitaminas, que permite reduzir a oleosidade, reduzir a aparência de rugas superficiais e melhorar o aspeto da pele desvitalizada e desidratada.


Com todos estes cuidados, a oleosidade da sua pele vai, garantidamente, diminuir significativamente. Adoro bolas de espelhos, mas no sítio certo e não no rosto!


#clinicametamorfose #metamorfose #blogclinicametamorfose #medicinaesteticaavancada #peleoleosa #combaterpeleoleosa #skincare #dracatarinasantos

188 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo